“Negro Amor”, de Sérgio Guerra, na Galeria Paralelo

Foto do autor

By jornaldafotografia.com.br

De 21 de agosto a 21 de setembro de 2013, a Galeria Paralelo (Rua Artur De Azevedo, 986) expõe Negro Amor, do fotógrafo, publicitário e produtor cultural Sérgio Guerra.

Desde 1998, Sérgio vive entre Salvador, Rio de janeiro e África. Negro Amor retrata temporada que viveu com a comunidade Hereros, que conheceu quando viajava pelas províncias de Huíla e Namibe. São 30 fotografias que registram a tradição e os rituais dese povo.

Acerca do trabalho, Emanuel Araujo, diretor do Museu Afro Brasil e curador da mostra, destaca: “Há um aspecto importante nessa série fotográfica, a naturalidade entre o fotógrafo e os fotografados, uma cumplicidade comovente fala mais alto, mais solene, mais humano à procura da beleza, razão de qualquer existência. Sérgio Guerra sabe da grande importância dessas suas fotografias porque ele é profundo conhecedor do seu ofício, da luz natural de cada um dos belos rostos, de olhar iluminado, de gestos sutis e de uma delicadeza amorosa e afetuosa”.

Negro Amor

Outras informações

Dimensões: 52x80cm / 60x40cm / 60x60cm

Preços da imagens: de R$4.600,00 a R$8.200,00

Entrada: Gratuita

Horários: de segunda à sexta, das 10 às 20h; aos sábados, das 11 às 16h.

Deixe um comentário